Poema de Eduardo Galeano para Che Guevara



O Nascedor



Por que será que o Che
Tem este perigoso costume
De seguir sempre renascendo?
Quanto mais o insultam,
O manipulam
O atraiçoam
Mais ele renasce.
Ele é o mais renascedor de todos!
Não será por que Che
Dizia o que pensava e fazia o que dizia?
Não será por isso que segue sendo
tão extraordinário,
Num mundo onde palavras
e atos tão raramente se encontram?
E quando se encontram
raramente se saúdam
Por que não se reconhecem?
.
Poema de Eduardo Galeano em homenagem Che
.

3 comentários:

Razek Seravhat disse...

O Poema é belíssimo. Agora pairou por sobre minha tenra inteligência uma pergunta nada agradável que devo fazer, sob pena de mim sentir réu de mim mesmo. Desculpe-me, usar esta homenagem tão linda para fazer-lhe tal pergunta: O que faz um socialista no partido dos trabalhadores dos tempos de hoje?

Anônimo disse...

Não sei quanto ao Erick, mas eu sou de esquerda, socialista e continuo no PT por acreditar que é o principal instrumento de transformação na sociedade brasileira.
Está longe de ser perfeito, mas continuarei firme no PT!!
Um abraço e viva o Che!!!

Lucia

Erick da Silva disse...

Obrigado Razek por gostar da singela homenagem ao Che, ele é um exemplo militante que deve sempre ser lembrado. Com relação PT, não tenho nenhuma dúvida que ele é o principal instrumento da classe trabalhadora no Brasil. Ele não está livre de contradições, é verdade, e internamente luto para superá-las. Respeito sinceramente o conjunto de partidos de esquerda, mas não tenho dúvida que as verdadeiras e profundas transformações que o Brasil pode e deve avançar, terá o PT como um de seus principais impulsionadores. Muito ainda tem que avançar, mas já estamos buscando fazer a nossa parte!
Sds