Arte & Subversão



A arte, em suas múltiplas expressões, tem exercido um inequívoco papel questionador de paradigmas. Muitos foram os artistas que usaram de sua técnica para subverter valores e romper com as amarras pré-estabelecidas. A arte não é neutra, mas também não pode ser entendida como um mero instrumento que sirva de adereço para objetivos alheios a sua própria construção e limites.
A arte por si só não muda o mundo, mas o mundo não poderá jamais ser mudado sem a arte estar no âmago dessa mudança. Como denúncia, como instigadora e provocadora, como instrumento que aponta para possibilidades futuras, a arte em diversas ocasiões desempenhou um fecundo papel para precipitar mudanças.
Estaremos regularmente aqui no blog publicando alguns trabalhos (principalmente no campo das artes plásticas, mas não somente) que exerceram com maestria esta função. Com a tag: Arte e Subversão iremos compartilhar uma pequena mostra de produções artísticas que, além da arte por si, transpuseram a barreira estreita e tênue que separa a arte e subversão do sistema em suas variadas dimensões (política, estética, crítica de valores culturais, etc). Aproveito também para pedir a colaboração de vocês com sugestões de obras a serem publicadas no blog, a participação é essencial!
Iniciamos a seção "Arte & Subversão" com a obra acima, "From the Depths", de autoria de William Balfour Ker, produzida em 1906, obra que fala por si quanto ao seu sentido crítico a sociedade burguesa, retratando o medo que uma revolução radical dos excluídos provocava na alta sociedade.
.

Nenhum comentário: