“Diário de um combatente” de Che Guevara chega ao Brasil



Está sendo lançado no Brasil o livro “Diário de um combatente”, que traz impressões inéditas escritas por Che Guevara entre os anos de 1956 e 1958.
Publicado pela primeira vez em 2011, na Espanha, o diário de Che abrange os fatos desde a chegada do iate Granma, em 2 de dezembro de 1956, a Cuba até a vitória da revolução, em 1 de janeiro de 1959. 
Inédito, recheado de fotos do arquivo pessoal de Che e cartas nunca antes publicadas – incluindo a correspondência entre ele e Fidel Castro -, o livro compila anotações ao longo de doze cadernos de notas, durante três anos, até poucos dias antes da revolução em Cuba, em 1958.
O livro foi preparado pelo Centro de Estudos Che Guevara. A pesquisadora María del Carmen Ariet explicou que Guevara foi um forte crítico dos países do bloco soviético, conforme o refletido no livro "Apuntes Críticos a la economía política", publicado em 2006.


Serviço:
“Diário de um combatente”
336 pp.
R$ 44,90
Editora Planeta

.

Um comentário:

Janice Adja disse...

Que bom.
Como um diário é importante!!
beijos!