O oportunismo delirante da Veja


O oportunismo delirante da Veja é algo que dispensa maiores comentários, as capas acima falam por si.

Veja abdicou de ser uma publicação que pratique algo próximo ao jornalismo faz muito tempo. Funciona muito mais como um polo irradiador do "pensamento" (sic) da extrema-direita e neoliberais (de todas as plumagens).

A Copa do Mundo no Brasil é um inegável sucesso e todo o catastrofismo da turma do "imagina na Copa" se espatifou. Como bem apontou o jornalista Ricardo Kotscho, "Apenas três dias após o início da Copa, o New York Times, aquele jornalão americano que não pode ser chamado de petista chapa-branca, tirou um sarro da nossa mídia ao reproduzir as previsões negativas que ela fazia nas manchetes até a véspera."

Será que veremos, após o final da Copa, algum pedido de desculpas da Veja aos seus leitores pelos descalabros publicados na véspera do inicio do mundial?
.

Um comentário:

Ignez disse...

A Veja é, como se diz: puro detrito de maré baixa.